Gabriel Silva

FESTA DA CHAMA – MOÇAMBIZADE

In Congregações, NOTÍCIAS on 02/11/2008 at 11:08

A Festa  da Fundação da  Congregação, que há 90 anos a Beata Ascensão Nicol  e Ramón Zubieta criaram; assim como a dos 75 Anos de presença das Irmãs em Portugal e dos 50 Anos de presença em Moçambique;  foi uma Festa Missionária e Solidária com Moçambique, a que denominámos Moçambizade.

Realizou-se no dia 4 de Outubro de 2008, nas instalações da Igreja Paroquial da Buraca.

Estiveram presentes a maioria das Irmãs a viver em Portugal, e uma representação do Conselho Geral  com três Irmãs que vieram de Espanha.

Do Porto, (Colégio Flori), veio também uma grande representação, com um autocarro e alguns carros particulares, com várias Irmãs, muitos Professores, Pais e Alunos.

Também de Castelo Branco vieram  algumas das Irmãs que ali vivem.

Foi uma Festa muito bonita, que envolveu  muita Gente Voluntária, em  que cada um  participou, não só com o seu  trabalho, mas também com muitos dos artigos que se venderam, nas várias “ Barraquinhas” existentes como: Artesanato, Arte, Terços, Livros, Rifas, Penteados Africanos e Alimentação, aqui, com muitos pratos  típicos de diversos Países, bolos, croquetes, rissóis de carne e peixe, pasteis de bacalhau, chocolates, Bolachas, etc.

A Celebração da Eucaristia,  Presidida pelo Frei José Nunes, Provincial dos Dominicanos, coadjuvado pelo Frei Pedro (Dominicano), que veio do Porto, e pelo Pároco da Buraca, foi um dos momentos mais importantes do dia.

Animaram a Eucaristia  alternadamente, três coros magníficos, (um do Bairro 6 de Maio, com  cânticos Africanos, e Encenação ao Ofertório e Consagração, outro do Porto, e ainda o terceiro da Paróquia de Campolide), todos Eles com vozes muito harmoniosas.

A Tarde foi muito animada com o convívio e a venda dos vários produtos nas “Barraquinhas”, e com a Actuação de diversos Grupos.

O Encerramento, foi também um dos momentos fortes do Dia, e de muita emoção,  com a chamada de todas as Irmãs presentes, ao Palco, onde foram aplaudidas de Pé por todos. Foi-lhes  entregue um símbolo, como sinal de Gratidão, por toda a Generosidade e Doação total, ao longo destes 75 Anos em Portugal.

A emoção fazia-se sentir não só nas Irmãs, mas em todos os presentes, pensando nos Bons Momentos vividos em comum.

Foi pena algumas pessoas, especialmente do Porto e Castelo Branco, já não poderem estar presentes, nesta altura,  pois vieram de longe, e tiveram que regressar mais cedo.

Foi feita depois, uma muito bonita  Encenação do Magnificat, pelo Grupo das Jovens  do Bairro 6 de Maio.

A Festa, terminou com o Hino, feito de propósito para este Dia, com letra e música  do Jornalista da RTP, João Pedro Mendonça, sobrinho da Irmã Inocência, que também estava presente. O Hino foi  cantado pelo Grupo das Jovens do Bairro 6 de Maio, e pelo próprio autor. As pessoas presentes aplaudiram bastante.

Fonte: Partilhar

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: